Daniele Fátima
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Italian, Música, Esportes
MSN - juvegirlbr@hotmail.com



UOL

O que eu já disse
 01/04/2009 a 30/04/2009
 01/06/2008 a 30/06/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/04/2008 a 30/04/2008
 01/03/2008 a 31/03/2008
 01/02/2008 a 29/02/2008
 01/01/2008 a 31/01/2008
 01/12/2007 a 31/12/2007
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005
 01/03/2005 a 31/03/2005



Visite também
 Tapioca Design (meu portfolio)
 Meu Flickr
 Brasil&Italia
 Bruna
 Deisinha
 Denise
 Edson
 Elisa
 Homem é tudo palhaço
 Karenzita
 Léo Beck
 Lila
 Lita
 Manual do cafajeste
 Marcia Kawabe
 Mércia
 Não dois, não um
 Nina Ramos
 Pensar Enlouquece
 Roby
 Shoe-me
 Te dou um dado?
 Vanessa
 Vivis
 Winnie

Vai lá de coração!


Estou ouvindo


Onde me encontrar




www.flickr.com
Este é um módulo do Flickr que mostra as fotos públicas de Daniele Fátima. Faça o seu próprio módulo aqui.

Meus escolhidos  

 

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com
 
Gimme Some Truth
 

Tenho medo...

... de Umpa-Lumpas...

... e de homem-parafuso, aquele que é todo enrolado e que, quando você aperta, ele espana.

Tchau, vou curtir meu fim-de-semana!

Seu Jorge - Tive Razão



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Quem desdenha quer comprar

Essa música, interpretada pela Ceumar, é uma gracinha, como diria a Hebe:

Maldito costume (Sinhô)

Eu juro cabar com esse costume
Que você tem
Falando de mim
Dizendo horrores
E me querendo bem

Ai, o amor é um capitoso vinho!
Que nos embriaga
Que nos embriaga com um só pinguinho

Você há de saber que
Este costume não te fica bem
Porque toda gente sabe a paixão
Que você me tem

Todo mal que procuras dizer
Do meu nome nenhum valor tem
A mulher quando gosta deve ser feliz
E atacar seu bem



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Vou dar banana pro macaco...

Olá querido maluco que me visita todos os dias não sei pra quê, já que eu não te convidei para conhecer meu blog (mas uma vez repito: esse comunicado é para uma pessoa específica e não para vocês, amigos queridos que são muito bem-vindos aqui), vou te dar algumas informações sobre mim. Já que você gosta tanto assim de mim,  não se esqueça que meu aniversário é no dia 4 de setembro. Eu quero o CD "Songs for the Deaf", do Queens of the Stone Age e um arranjo de girassóis que vende aqui na frente da empresa, obrigada. Agora, leia com atenção o questionário abaixo:

Que horas são?
11h23min

Quantidade de velas no teu último bolo de aniversário?
23

Furos nas orelhas?
Dois furos em cada mas só uso um

Tatuagens?
Ainda não mas em breve tatuarei meu nome em árabe na nuca

Piercings?
Nenhum, não gosto.

Já foi à África?
Ainda não

Já ficou bêbado?

Já chorou por alguém?
E como. Sou sensível, dramática, ciumenta, sentimental e exagerada  

Já esteve envolvido(a) em algum acidente de carro?
Não

Peixe ou carne?
Carne

Músicas preferidas?
Impossível citar uma. No momento, "Do It Again" do Queens of the Stone Age

Cerveja ou Champanhe?
Champanhe

Metade cheio ou Metade vazio?
Metade cheio

Lençóis de cama lisos ou estampados?
Dããããããr

Cor das meias?
Preta

Programa de televisão?
Não vejo muita TV

Filme preferido?
Curtindo a vida adoidado

Está ouvindo alguma música agora?
Claro. Estou ouvindo "Go with the flow", do QOTSA

Flor (es)?
Girassol!!!!

Coca-Cola simples ou com gelo?
Coca normal, sem gelo e sem limão.

De que pessoa recebeu esse questionário?
Roubei do Darth

Quem dos teus amigos vive mais longe?
Os que estão na Itália.

O (a) melhor amigo(a)?
Vou ser bem política mas é verdade: todos meu amigos são indispensáveis pra mim.

Hora de dormir?
Por volta das 23h, durante a semana.

Quantas vezes você deixa tocar o telefone?
Sou uma lesada pra atender o celular

Qual a figura do seu mouse-pad?
Não uso mouse-pad

CD preferido?
Impossível escolher. Depende do meu estado de espírito.

Mulher bonita?
Angelina Jolie

Homem bonito?
Ai, são tantos... mas com o Brandon Boyd (é o "Belo" da minha barrinha) eu casaria.

Pior sentimento do mundo?
Mágoa

Melhor sentimento do mundo?
Amorrrrrrrrrrr

Qual o primeiro pensamento ao acordar?
"Só mais cinco minutinhos..."

Quantos dias faltam pro final de semana?
Bem, hoje é sexta então falta hoje e amanhã (yuuuuupiiiiieeee!!! )

Se pudesse ser outra pessoa, quem seria?
Eu mesma

Algo que você nunca tira?
A cabeça, porque tá grudada

O que é que você tem debaixo da cama?
Uma gavetona cheia de livros

Uma frase?
"You can fool people sometimes but you can't fool all the people all the time", Bob Marley na música Get Up, Stand Up

Que dia é hoje?
29 de julho de 2005.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Um Google só meu...

Meu amigo Mauricio me deu a dica: nesse site, você pode personalizar seu Google. Qual a utilidade? Narcisismo, pô!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

This is the end...

São 21 horas. Estou aqui desde as 7.30 (e nos dias anteriores também cheguei aqui nesse horário e fui embora depois das 18).

Acabou.

Estou só o pó...

Seu Jorge - Chatterton



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Não tem tu, vai tu mesmo...

Bom-dia amigos!

Eu estava procurando uma imagem de gente trabalhando pra ilustrar esse post e digitei "work" num site de busca de imagens. Um dos primeiros resultados foi esse campo de girassóis, minha flor preferida. Encarei isso como um bom sinal e, para meu dia ficar mais bonito, resolvi colocá-la aqui.

Esse post é só para dizer que estarei muitíssimo ocupada pelo menos até quarta-feira, portanto, não se assustem com o meu sumiço. Eu não ganhei na Mega Sena! Ainda...

Beijos e boa semana a todos!

Kylie Minogue - Can't Get You Out Of My Head



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Em time que tá ganhando, não se mexe

Do It Again - Queens of the Stone Age

I fall over and over and over over over on you
I get ill, I get ill, I get ill, you're the only one I'm into
You and me
Fit so tight
I go lower and lower and lower lower living easy
I don't know, I don't know what I got till it's over
You and me
Fit so tight

Can you do it again?
Do it again
Do it again
Can you do it again?

All the way, all the way, all the way, there's no where left we can be
I'm into what you do but I leave you nowhere
You and me
Fit so tight
All we need
Is one more time

Can you do it again?
Do it again
Do it again
Can you do it again?

I only get to live one life
I won't pretend you're only mine
Where will you go, where will you find the way

To do it again
Do it again

Queens of the Stone Age, meu vício atual... e chega, não vou explicar mais nada . Bom dia a todos, estou na correria (estou fazendo um curso ótimo, amanhã conto pra vocês). Fui!

P.S.: Amanhã começa meu inferno astral. Só espero que hoje não seja o último dia da boa fase...

Falando nisso.... Já vou começar a avisá-los: meu aniversário é no dia 4 DE SETEMBRO. Quem esquecer de me dar os parabéns não precisa mais falar comigo!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Aos meus amigos...

... mando um abração! Hoje é o Dia Internacional da Amizade

Bob Marley & The Wailers - Walk The Proud Land



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

O FDP morreu!

Não sei se ando cética demais mas acho que a tal "justiça dos homens" não ia dar o castigo merecido pra esse maldito. Dizem que os suicidas vão para o limbo mas desejo que esse cretino tenha ido direto pro inferno, sem escalas. A notícia é do Folha Online:

Acusado de crime no elevador cai de prédio

ALEXANDRE HISAYASU
DA REPORTAGEM LOCAL

Acusado pela polícia de ter assassinado um vizinho dentro do elevador do prédio onde moravam, o engenheiro Carlos Alberto Farhat, 61, morreu, na tarde de ontem, após cair do décimo andar de um edifício localizado na esquina da avenida Paulista com a rua Consolação, nos Jardins. Para a polícia, foi suicídio.
Farhat, que estava no escritório de seu advogado, teve a prisão temporária decretada após câmeras do circuito interno de segurança o terem filmado conversando com o estudante Luiz Raphael Ferreira de Castro de Campos Montes, 20, que em seguida aparece morto no elevador do prédio na Bela Vista, na madrugada do dia 14. Montes morreu na hora e Farhat foi visto por testemunhas fugindo em um Peugeot. A polícia ainda não sabe a razão do crime.
Segundo a polícia, Nilton Vieira Cardoso, advogado de Farhat, foi ao 5º DP (Aclimação) na segunda-feira e informou que seu cliente se apresentaria à polícia ontem.
A polícia diz não desconfiar da hipótese de suicídio. O engenheiro, segundo informações de testemunhas, pediu para ir ao banheiro, entrou em uma sala vazia do escritório do advogado e pulou pela janela. O advogado não foi localizado pela Folha para comentar o caso.
Testemunhas disseram à polícia que o engenheiro caiu próximo a uma banca de jornal e quase atingiu um pedestre. Farhat ainda foi levado com vida para o Hospital das Clínicas, mas não resistiu.
Segundo a delegada Elisabete Sato, com a morte de Farhat, o caso sobre o assassinato do estudante provavelmente será arquivado. "Estão marcados depoimentos de testemunhas para esta semana. Em seguida, o inquérito será remetido à Justiça que, provavelmente, decidirá pelo arquivamento, pois o principal suspeito do crime está morto", explicou.
Durante as investigações, a polícia encontrou uma pequena porção de maconha e remédios controlados no apartamento do engenheiro. Ele tinha passagens na polícia por roubo e estupro.
A fita que flagrou o crime no elevador ainda passa por perícia. Nela, segundo a polícia, o engenheiro discute com o estudante e, em seguida, lhe dá um tiro.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Galera do BC

Vejam aqui as fotos do churras!

UPDATE: Agora sim, já "consertei" as fotos do Edson!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Momento de histeria (ou melhor, de raiva mesmo)...

ODEIO VOYEURS!!!

Não, não estou falando dos AMIGOS que vêm aqui e acabam não comentando (isso também me magoa um pouquinho mas tento entender, tem gente que é tímida). Estou falando dos babacas que me conhecem mas não sabem o endereço do blog (SE EU NÃO DEI O ENDEREÇO PRA VOCÊS É PORQUE NÃO QUERO QUE ME VISITEM, NÃO PARECE ÓBVIO?) e ficam procurando meu nome no Google pra ler o que eu escrevo. Sou uma tapada no que diz respeito à informática, mas não sou tão tapada assim. Fiz esse blog pra trocar idéias com meus amigos (e Graças a Deus fiz novos e ótimos amigos), não pra ficar sendo espionada. Não me façam me auto-censurar. Caiam fora daqui, vocês não são bem-vindos! E vão cuidar da vidinha de vocês que a minha tá ÓTIMA!!! Estão com inveja? Pois MORRAM! EU ESTOU MUITO FELIZ!

 

Ufa, passou...



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Obrigada Elisa!

Ontem tive o prazer de encontrar vários novos amigos. Ainda não baixei as fotos do "grande encontro" mas agradeço a Elisa, que é mesmo uma mãezona, por ter proporcionado tudo isso.

Elisa (e família, em especial o animadíssimo Otávio), Danni (as trufas estava deliciosas!), Saraiva, Rafa, Fla, Edson, Darth, Milton, Claudio, Kelly, foi um prazer conhecê-los!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

DENUNCIE!

Vi no ótimo blog do Lucio, o Papo Sapo, o link para um blog nojento hospedado aqui no UOL: um tal de Mendingos S.A. (sim, Mendingos, o cara não sabe nem escrever e ainda acha que é melhor que alguém), que "cataloga" os moradores de rua como se eles fossem animais de zoológico. Se você também ficou com nojo, faça como eu, mande um e-mail para o endereço uol@uol.com.br exigindo que essa porcaria saia do ar.

Como disse o Lucio, o "ser humano" é mesmo uma merda!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

TRILEGAL

 O Rafa, eu e a Deise. Trilegais!

Não tenho palavras, ainda não caiu a ficha. Vou (tentar) dormir algumas horinhas.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Hoje é dia de futebol...

... mas vou falar de outro esporte que eu adoro, o tênis.

Podem dizer que ele tá acabado e tudo mais. Continuo achando o Guga o máximo e tendo orgulho de tudo aquilo que ele conquistou.

 E ainda por cima, tá bem de abdômen (sim, eu prefiro os magrelos)!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Não se esqueçam!

Torcida são-paulina, não se esqueçam do nosso encontro hoje, a partir das 20 horas, no bar Aldeia da Vila que fica na Avenida Luiz Dumont Vilares, 628, Jardim São Paulo, (veja o mapa).

A partir de amanhã, nosso estádio será conhecido como Moruntri!

 by Google Earth



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Nova fase?

Mandei o trecho dessa música para uma amiga e achei que seria bacana colocá-la aqui, pra inaugurar minha nova fase: a fase de transição do nada para o "quem sabe alguma coisa". Essa só vai entender quem conhece o Photoshop, me desculpem mas não encontrei associação melhor: imagine um arquivo com o fundo transparente, com aquele quadriculado cinza e branco; crie um layer novo e jogue uma cor, de preferência o vermelho, que é intenso quando está 100% mas que pode acabar virando um rosa (nada contra o rosa, eu gosto), agora, puxe o cursor da opacidade para 0%. Aumente um pouquinho, uns 20%. Você ainda vê o quadriculado, mas a cor começa a aparecer... Agora, chega de blablabla, canta aí, Chico:

Futuros Amantes - Chico Buarque

Não se afobe, não
Que nada é pra já
O amor não tem pressa
Ele pode esperar em silêncio
Num fundo de armário
Na posta-restante
Milênios, milênios
No ar

E quem sabe, então
O Rio será
Alguma cidade submersa
Os escafandristas virão
Explorar sua casa
Seu quarto, suas coisas
Sua alma, desvãos

Sábios em vão
Tentarão decifrar
O eco de antigas palavras
Fragmentos de cartas, poemas
Mentiras, retratos
Vestígios de estranha civilização

Não se afobe, não
Que nada é pra já
Amores serão sempre amáveis
Futuros amantes, quiçá
Se amarão sem saber
Com o amor que eu um dia
Deixei pra você



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Flor do Lácio

Vendo as últimas notícias, uma dúvida me atormenta:

Por que, quando um pé-de-chinelo toma alguma coisa tua, isso se chama roubo (ou furto, dependendo da situação) e quando um empresário não paga os impostos ou um político-pastor carrega "doações" em malas, isso se chama enriquecimento ilícito?

Alguém pode me explicar?



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

CONVOCAÇÃO GERAL

Passarei também pelo Orkut, para os desnaturados que não visitam meu blog não dizerem depois que eu não avisei:

Convoco todos, eu disse TODOS os são-paulinos que, assim como eu, não conseguiram ingresso para o jogo, a se unirem a nós amanhã, no bar Aldeia da Vila, que fica na Avenida Luiz Dumont Vilares (conhecida como Avenida Nova), 628, Jardim São Paulo, ZN (veja o mapa). Ainda não sei a partir de qual horário estaremos lá mas depois atualizo o post com essa informação.

Torcedores do Atlético Paranaense, seus simpatizantes e olhos-gordos de outras torcidas não são bem-vindos e serão convidados a se retirar.

TRICOLOR RUMO AO TRI!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Hoje é Dia do Rock

Que se dane a dasluzete-mãe Eliana Tranchesi, que se danem as malas de dinheiro que não param de surgir, que se dane a CPI e toda a podridão sem fim do Brasil, que se dane a Cicarelli e que se dane mais ainda o tonto do Ronaldo. Hoje é Dia do Rock!!!

 

Estes foram e sempre serão os maiores!

Joan Jett - I Love Rock and Roll



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Mania (?) de perseguição

 Foto de Ophelia

Ei, qual é a tua?

Quer me dizer alguma coisa?

Tá me achando bonita?

Ou estou fedendo?

Peraí, deixa eu conferir...

Não, tá tudo certo, passei desodorante e o perfume de sempre.

Já sei, meu zíper tá aberto? Jogaram chiclete no meu cabelo?

Ah, é o livro! Bacana, né?

Quer ver a capa?

Taí, pronto. Posso ler em paz?

Gostou das ilustrações? Eu também.

Mas que língua é essa?

Italiano!

Ah, você quer ver se o livro está em italiano também?

Não, infelizmente não tenho cacife para tanto.

Estação São Joaquim.

Marcador na página 145.

Não, ainda não.

Estação Paraíso.

Que inferno!

Estação Brigadeiro.

Não...

Estação Trianon-Masp.

Uuuuh, quase!

Estação Consolação.

Ah, não. Não é possível.

Manhêêêêêêêêêê!!!!

 

Queens of the Stone Age - Songs for the Deaf

 

P.S.: Em breve, um post sobre o tal livro. Engraçado como ultimamente estou escolhendo os livros certos para os momentos certos.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

A-DO-REI 2

Tá bom, tá bom, no fundo eles só querem vender cosméticos mas achei muito bacana a nova campanha da Dove.

Confiram aqui.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Ah, que grande novidade...

A home page do UOL está virando um festival de notícias óbvias (Xiii, essa minha mania de falar mal deles vai me afastar cada vez mais dos "Blogs legais". Tô nem aí! ).

Ontem e hoje eles alardearam que o Salman Rusdie disse na sabatina da Folha que não gosta da "obra" do Paulo Coelho. Na boa, alguém aí achava que ele pudesse apreciar a "obra" do nosso imortal?

Hoje, tem uma notícia de um jornal norte-americano dizendo que a Daslu mostra a desigualdade do Brasil. Lindo, descobriram a pólvora!

Depois sou eu que não tenho o que escrever...



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Quem dera!

 

Que o Orkut não serve pra quase nada, nós já sabemos, mas pelo menos a "Sorte de hoje" me faz rir...

Ir pra muito longe é tudo o que eu mais quero ultimamente... Como não dá, fico viajando no Earth Google.

Bom fim-de-semana a todos! Eu estou trabalhando...

Rei - Só quero que você me aqueça neste inverno e que tudo mais vá pro inferno!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Água Viva

Terminei ontem...

A melhor definição para a leitura deste livro está na quarta capa da edição que eu li, da Francisco Alves Editora: "A experiência de ler Água viva é a da leitura de si próprio.". Eu descobri muitas coisas a meu respeito durante a leitura deste livro; em alguns trechos eu me identificava totalmente com a personagem, como quando ela diz:

"... quando estranho uma pintura é aí que é pintura. E quando estranho a palavra aí é que ela alcança o sentido. E quando estranho a vida aí é que começa a vida."

Hoje comecei a ler outro livro: "A misteriosa chama da rainha Loana", do Umberto Eco. É um romance sobre a perda da memória ou, como diz a crítica do jornalista Luiz Zanin Oricchio, na quarta capa: "...[Eco] procura mostrar como o excesso de informações pode conduzir, por paradoxo, ao esquecimento.". Gostei do tema, gostei da capa, gostei do projeto gráfico e do acabamento do livro (todo ilustrado), por isso ele foi o escolhido.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

O Som do Silêncio 2

There's nothing you can do that can't be done
Nothing you can sing that can't be sung
Nothing you can say but you can learn how the play the game
It's easy

There's nothing you can make that can't be made
No on you can save that can't be saved
Nothing you can do but you can learn how to be in time
It's easy

All you need is love
All you need is love
All you need is love, love
Love is all you need



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Eô, eô, tricolor, tricolor!

Não, esse não é um post sobre futebol. É claro que não vejo a hora de chegar amanhã pra ver o jogo mas vou falar sobre algo que nunca falo: o design gráfico, minha profissão.

Sou apaixonada pela combinação vermelho+preto+branco. Não por acaso, sou são-paulina (não, eu não escolhi o time pelas cores ). Essa minha fixação pelo tricolor poderia até virar tese de mestrado mas, como não pretendo voltar a estudar tão cedo, vou tentar defendê-la aqui no blog mesmo.

Tudo começou no terceiro ano da faculdade quando eu iniciei as pesquisas para o que seria meu trabalho de conclusão. Eu pretendia falar sobre o design de capas de disco no Brasil mas isso viraria realmente uma tese e não um trabalho prático, como eu deveria fazer. Fuçando, acabei descobrindo o designer Aloysio de Oliveira e a ma-ra-vi-lho-sa série Elenco.

Neste link, vocês podem ver algumas capas de disco desta série. Esse é o tipo de design gráfico que eu gostaria de fazer. Pode até ser "bauhasiano" demais mas, para este tipo de produto, é muito adequado. Falando em Bauhaus, eles também gostavam do tricolor. Veja um exemplo aqui.

As capas de livro, parte do meu trabalho atual, também se beneficiam desta combinação. Eu visito livrarias com freqüência e sempre vejo uma bela solução tricolor. Outro dia, vi na Livraria Cultura uma ótima capa mas eu infelizmente não me lembro do nome do livro. Acho que era sobre tipografia, com um fundo vermelho e uma letra e em preto, com o título em branco (se alguém souber o título deste livro, eu agradeço). Enquanto eu procurava esta capa no site deles, achei mais uma bonita. Vejam só, com cores tão fortes se pode alcançar a delicadeza:

Outra que chamou a atenção, não só pelo título que faz referência a uma maravilhosa música dos Beatles, foi essa daqui:

Enfim, gosto de todas as cores mas não há nada como o tricolor...

Orishas - Amor Al Arte - Sácame la mano que no aguanto más, quiero ya no puedo mas...



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

O Som do Silêncio

Hoje tudo o que eu quero é um pouquinho de silêncio pra curar a dor-de-cabeça que me tortura desde ontem e que me impede de fazer meu trabalho decentemente. Mas não, os adolescentes do departamento ao lado não conseguem calar a boca. Na verdade, é uma adolescente em especial, que nem adolescente é mais. Uma garota que deveria gastar sua energia para revisar textos, sua função aqui dentro, mas que só sabe falar abobrinha...

Enfim, como alguém tem que ficar quieta, ficarei eu. Já protestei e agora vou me concentrar no livro que vai pra gráfica amanhã cedo. Bom dia a todos!

PS: Pra "ajudar", o nojento continua me encarando... Socorro, eu trabalho num hospício!!!!

Jack Johnson - Gone



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Essa me deu um motivo pra sorrir

Aqui no trabalho o pessoal fez uma rede de músicas usando o iTunes e eu sempre encontro algumas pérolas. Hoje eu achei aqui uma coletânea do Tim Maia. Eu obviamente já conhecia a música-fossa "Me Dê Motivo" mas nunca tinha reparado na introdução:

É engraçado, às vezes a gente sente fica pensando
Que está sendo amado, que está amando e que
Encontrou tudo o que a vida poderia oferecer
E em cima disso a gente constrói os nossos sonhos
Os nossos castelos e cria um mundo onde tudo é belo
Até que a mulher que a gente ama, vacila e põe tudo a perder
E põe tudo a perder...

Sei que é errado rir da desgraça alheia mas chega a ser engraçado imaginar que alguém estava falando sério quando escreveu isso... 

ps: sim, é maluco, mas as músicas tristes muitas vezes me fazem rir...



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

A-DO-REI

Eu vi o link para esse site no meu blog favorito, o Síndrome de Estocolmo.

O About-Face é um site que ajuda a levantar a auto-estima das mulheres combatendo a ferocidade da mídia que impõe, entre outras coisas, que sejamos macérrimas como as top models. Na "Gallery of Offenders" estão os anúncios carregados de preconceitos e que estimulam violências de todo o tipo contra as mulheres. Na "Gallery of Winners", o outro lado da moeda, porque também há vida inteligente no mundo da propaganda. Seria bacana ver um site como esse aqui no Brasil.


UPDATE: Não adianta ficar só reclamando, né? Alguém tem que fazer alguma coisa por isso tentei traduzir os "10 Mandamentos" da About-Face (foi bom pra praticar o inglês, que andava meio esquecido):

10 Coisas Que Você Pode Fazer

1. Pare de falar sobre seu peso (principalmente na frente de garotas mais jovens)
Jovens escutam a maneira como as mulheres falam sobre elas próprias e sobre outras e aprendem a linguagem feminina. Essas jovens podem simplesmente aprender a amar e aceitar seus corpos se elas virem mulheres que amam e aceitam os seus. Cada discussão que temos sobre peso, gordura, ser isso ou aquilo, deixa uma impressão nas pessoas ao nosso redor. Nós estamos encorajando uma inatingível busca pela perfeição.

2. Faça uma lista de mulheres que você admira
Com qual freqüência a aparência de uma mulher é a razão para você admirá-la? Qual é atributo que você considera mais importante em uma mulher? O que você gostaria que uma mulher mais jovem admirasse em você? E nela própria? Nossa cultura parece admirar nas mulheres as mesmas coisas que você admira?

3. Questione as motivações da indústria da moda
Lembre-se sempre que o objetivo principal das indústrias de moda, cosméticos, dieta, fitness e cirurgia plástica é fazer dinheiro, não fazer de você a melhor pessoa possível. O ideal de mulher super-magra está trabalhando a favor deles. Mas serve para você? Se a cada estação seus parentes ou parceiro te disserem para você mudar quem você é ou como você se veste, você questionaria suas motivações?

4. Pare de se pesar
Lembre-se que a ênfase em ser magra e linda estará sempre presente na nossa sociedade. Poupe-se dessa preocupação. Imagine passar um dia, ou uma semana, sem que a balança pese a sua auto-estima. A balança te diz que você não é disciplinada o bastante? Que você não está se esforçando o bastante? Livre-se disso. A ênfase na magreza é recente e arbitrária. E pode ser revertida.

5. Concentre-se nas coisas que você faz bem
Você olha no espelho e um dia se acha o máximo e no dia seguinte se acha horrível? Seu corpo não está mudando, a percepção que você tem dele, sim. É verdade que, se você se sente bem a respeito de outras coisas na sua vida, você será menos crítica com a própria aparência. Faça as coisas que você faz bem. E, se você teve um dia ruim, afaste-se do espelho. Quando uma mulher está feliz e confiante, ela pode até não ter um corpo "perfeito" mas não estará nem aí!

6. Faça exercícios por diversão
Teu corpo precisa de exercícios e comida de verdade. Caminhe, dance na sua sala, faça jardinagem, golf... tente se movimentar pelo seu coração, não pra diminuir seu quadril. Você poderá ou não perder peso, mas seu corpo estará mais forte, você estará menos estressada e se sentirá melhor.

7. Valorize seu dinheiro
Com mais mulheres trabalhando hoje do que antigamente, nosso dinheiro está cada vez mais na mira. Você está sendo cortejada! Quanto do nosso dinheiro vai parar nas mãos das indústrias de moda e de cosméticos? Quanto você gasta em regimes? O que você está ganhando em troca? Pense no seu orçamento e veja se o dinheiro que você gasta reflete a pessoa que você é, não a pessoa que a sociedade quer que você seja. Se você vê que não vale a pena, pra quê gastar seu dinheiro nisso?

8. Faça-se ouvir
Tanto as grandes empresas quanto as pequenas estão interessadas em você. Suas cartas e telefonemas realmente fazem a diferença.

9. Assuma um papel de liderança
Cada cultura e cada geração tem suas próprias regras e expectativas em relação às mulheres. Nunca é fácil nadar contra a correnteza mas sempre houveram mulheres que assumiram os riscos para crescer e aprender e tiveram sucesso. E sempre existirão mulheres assim. Muitas mulheres inspiradoras quebraram tabus, criaram novos padrões e deixaram o exemplo. Você não gostaria de quebrar um tabu ou dois?

10. Rompa as barreiras
A autora Sara Tisdale escreveu, "Todas nós temos que escolher entre duas batalhas: uma batalha é contra o ideal cultural e a outra é contra nós mesmas.". Devemos mesmo ser sempre o que a cultura popular determina? Crie seu próprio estilo. Divirta-se! Use batom. Ou não use. Você é seu próprio chefe. Falando e se aceitando, você ajudará a romper barreiras.

Bob Marley - Baby We've Got a Date



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Perto Demais

Estou sem inspiração para escrever e não é de hoje, como vocês devem ter percebido... Alô, alô inspiração, se você estiver me lendo, apareça!!!  Eu tenho um texto aqui na minha cabeça mas enquanto eu não tiver emoção, ele não sai.

Outro dia, li no blog da Bruna que um dos meus filmes favoritos, o Closer, chegará esta semana nas locadoras. Ela aproveitou para colocar um link para um texto do Contardo Calligaris, que eu reproduzirei aqui. Para quem gosta de pensar nas inúmeras possibilidades dos relacionamentos humanos, eu recomendo o filme e o texto abaixo:

"Closer - Perto Demais": por que somos infelizes em amor?

Concordo com Caetano Veloso, "de perto ninguém é normal". Mas "Closer - Perto Demais", de Mike Nichols, me deixou pensando diferente: de perto, somos normais demais.

O filme é uma demonstração tocante de nossas impotências e incompetências sentimentais. Se você quer saber por que, em regra, somos infelizes em amor, não perca. Para não estragar o prazer de quem não viu o filme, nada de resumo, apenas as reflexões fragmentárias com as quais passei a noite, depois de ter assistido a "Closer - Perto Demais".

1) Por que, no meio de uma história amorosa que funciona, um encontro (que sempre parece mágico) pode levar alguém a trocar a intimidade de um casal companheiro por uma visão? Os evolucionistas dizem que os homens são infiéis por necessidade biológica. Para que a espécie continue, os machos seriam programados com o desejo de fecundar todas as fêmeas possíveis. A teoria tem uma falha: as mulheres são tão infiéis quanto os homens (embora os homens se recusem a acreditar nessa banalidade).

O senso comum tem outra explicação: a paixão iria se apagando com a repetição, os humanos gostariam de novidade. Pequeno problema: a idéia de que a novidade seja um valor é especificamente moderna; no entanto a inconstância em amor é um hábito antigo. Outro problema ainda maior: na condução de nossas vidas, somos obstinadamente repetitivos. Insistimos nas mesmas fantasias e nos mesmos sintomas.

Contrariamente ao que diz o provérbio, errar é divino, perseverar é humano. Por que seria diferente em matéria amorosa? Como pode ser que um encontro, em que mal se sabe quem é o outro ou a outra, contenha uma promessa que basta para levar alguém a dar um chute num amor que dura?

Tento responder: apaixonar-se é idealizar o outro, durar no amor é lidar com a realidade do amado ou da amada. Antes de ponderar os charmes da idealização, duas observações.

Um impasse: para manter a paixão, devo continuar idealizando o parceiro. Mas, para idealizar o outro, devo mantê-lo a distância. Se mantenho o outro a distância, renuncio aos prazeres de amor, companheirismo, cumplicidade, convivência.

Um paradoxo: se me separo porque me apaixono por outra ou outro, o parceiro que deixei se distancia de mim, portanto volto a idealizá-lo e a me apaixonar por ele.

2) Por que gostaríamos tanto de idealizar o outro que vislumbramos num novo encontro? Uma nova paixão amorosa é provavelmente o sentimento que mais pode nos transformar, para o bem ou para o mal. Por exemplo, se o outro me idealiza, carrego seu ideal como um casaco novo: modifico minha postura para que o pano caia bem no meu corpo. De uma certa forma, tento me parecer com o ideal que o outro ama em mim.

Cada amor, quando começa, é uma aventura. Não porque encontro um novo parceiro, mas porque, ao me apaixonar, descubro ou invento um novo ideal e, ao ser amado, mudo para me aproximar do que o outro imagina que eu seja. A inconstância amorosa talvez seja a expressão imediata do desejo de mudar - não de trocar de parceiro, mas de se reinventar.

Não é estranho que, na hora em que um amor começa, alguém decida se dar um novo nome. Nenhuma mentira nisso, apenas a convicção e a esperança de que a paixão nos transforme. Infelizmente, mudar é difícil: a sedução exercida pelos novos amores é uma veleidade, um pouco como as resoluções de que as coisas serão diferentes no ano que começa.

3) Dizem que um casal que se ama briga muito. O uso erótico das brigas é conhecido: a paz se faz na cama. Menos conhecido é o uso amoroso das brigas: chegar ao limite da ruptura pode ser um jeito de recomeçar, de voltar ao momento inicial da paixão, quando ambos esperavam que o amor os transformasse.

Problema: ninguém sabe qual é o ponto de equilíbrio além do qual as brigas não garantem renovação nenhuma, apenas desgastam um amor que se perde.

4) Alguém se apaixona por outra pessoa porque, ele se queixa, sua parceira precisa dele. É aquela coisa: seu amor me exige demais, você me sufoca, me prende. Isso, é claro, é um jeito de dizer: com você sou sempre o mesmo. Também é uma projeção: separo-me porque não agüento minha própria dependência de você. Visto que me detesto por estar a fim de lhe pedir amor a cada minuto, acho intolerável que você me peça. Quem pensa e age assim, em geral, fica sozinho no fim.

5) Um homem volta para o lar depois de ter estado nos braços de outra. Sua mulher pergunta: você me ama ainda? Ela tem razão, é a única pergunta que importa. Uma mulher volta para o lar depois de ter estado nos braços de outro. Seu homem pergunta: você esteve com ele? Insiste: quero a verdade. Pede os detalhes: gostou? Gozou? Onde aconteceu, em que posição, quantas vezes?

O ciúme feminino é uma exigência amorosa. O ciúme do homem é uma competição com o outro, um duelo de espadas, uma esgrima homossexual que tem pouco a ver com o amor pela amada e muito a ver com as excitantes lutinhas masculinas da infância.

Enfim, quem sabe o filme nos ajude a inventar jeitos de amar menos desafortunados e mais interessantes.

Marcy Playground - Sex and Candy



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]


[ ver mensagens anteriores ]