Daniele Fátima
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Italian, Música, Esportes
MSN - juvegirlbr@hotmail.com



UOL

O que eu já disse
 01/04/2009 a 30/04/2009
 01/06/2008 a 30/06/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/04/2008 a 30/04/2008
 01/03/2008 a 31/03/2008
 01/02/2008 a 29/02/2008
 01/01/2008 a 31/01/2008
 01/12/2007 a 31/12/2007
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005
 01/03/2005 a 31/03/2005



Visite também
 Tapioca Design (meu portfolio)
 Meu Flickr
 Brasil&Italia
 Bruna
 Deisinha
 Denise
 Edson
 Elisa
 Homem é tudo palhaço
 Karenzita
 Léo Beck
 Lila
 Lita
 Manual do cafajeste
 Marcia Kawabe
 Mércia
 Não dois, não um
 Nina Ramos
 Pensar Enlouquece
 Roby
 Shoe-me
 Te dou um dado?
 Vanessa
 Vivis
 Winnie

Vai lá de coração!


Estou ouvindo


Onde me encontrar




www.flickr.com
Este é um módulo do Flickr que mostra as fotos públicas de Daniele Fátima. Faça o seu próprio módulo aqui.

Meus escolhidos  

 

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com
 
Gimme Some Truth
 

Acabou

Declaro que o Gimme Some Truth está, a partir de hoje, 29/09/2005, fechado por tempo indeterminado. Meu real desejo – que ainda colocarei em prática – é apagá-lo definitivamente. Não o faço ainda porque tenho apego por alguns textos e alguns comentários que estão registrados aqui (se alguém puder me ensinar como fazer o backup dessas informações, eu agradeço).

Fazer um blog para me ajudar a suportar a "insustentável leveza do ser" não foi uma boa idéia. Desde que criei esse espaço eu me torturo com o questionamento do que é público e do que é privado. Descobri que não me sinto confortável para expor meus sentimentos aqui e isso me impõe uma auto-censura que é incompatível com os meus princípios. Continuarei escrevendo porque é uma atividade que me agrada e que me ajuda a espantar meus fantasmas. Mas serão cartas sem destinatário.

Nos últimos meses eu me foquei em tantos objetivos frustrados – e até inúteis – que eu acabei me esquecendo de quem eu deveria colocar em primeiro lugar: eu mesma. E é de mim que vou cuidar agora.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Pois é...

Pois é. Uma expressão besta que eu uso o tempo todo. E também o nome dessa música do Los Hermanos:

Pois é, não deu
Deixa assim como está, sereno
Pois é de Deus
Tudo aquilo que não se pode ver
E ao amanhã a gente não diz
E ao coração que teima em bater
avisa que é de se entregar o viver

Pois é, até
Onde o destino não previu
Sei mas atrás vou até onde eu conseguir
Deixa o amanhã e a gente sorri
Que o coração já quer descansar
Clareia minha vida, amor, no olhar



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Com-paixão

 

Daniel Day-Lewis e Juliette Binoche, em "A Insustentável Leveza do Ser"

Ontem comecei a ler "A Insustentável Leveza do Ser", do Milan Kundera. Me lembro de ter visto o filme numa noite de sábado em que eu perdi o sono, há muitos anos. Eu devia ter uns 15 anos na época e embora eu não me lembre mais das cenas, ficou na memória o quanto aquela história de amores cínicos me perturbou.

Tomas é um médico incapaz de ter um relacionamento sério e por isso mantém várias "amigas", tendo preferência por Sabina, a mais "desencanada" de todas. Ele conhece a frágil Tereza numa cidade do interior da República Tcheca (que na época era Tchecoeslováquia) e eles passam a viver juntos em Praga.

No começo do livro, o autor tenta definir o que Tomas sente por Tereza e, para isso, explica a diferença de significado que a palavra compaixão tem nas línguas latinas e nas outras línguas, como o tcheco, o polonês e o alemão. Nas línguas latinas, compaixão significa ter simpatia por quem sofre, ser solidário. Nas outras línguas, as palavras que equivalem a compaixão significam compartilhar um sentimento, uma espécie de telepatia emocional. E, pelo menos no começo do livro, é isso que o narrador diz que Tomas sente por Tereza: a compaixão nórdica. Mas eu discordo: acho que ele sempre sentiu a compaixão latina. Uma simpatia pelo amor desesperado que ela lhe dava e que ele simplesmente não podia retribuir; uma paixão de culpa.

Ainda estou na página 90 do livro que, como quase todas as obras que foram adaptadas, é melhor do que sua versão cinematográfica, e sei que ele ainda vai me perturbar muito. Porque vou me lembrar do incômodo que senti ao ver o filme na época errada e vou me lembrar do Tomas que me oferece diariamente sua compaixão latina que ele chama de carinho. Mas eu não sou a Tereza. E esse seu carinho só me faz mal.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Novidade capilar

Tô ruiva

Tá bom, vai... Eu sei que não ficou muito vermelho. Mês que vem eu tento de novo.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Na correria

Sim, eu sei que abandonei um pouco meu blog. O motivo é só um: muito trabalho.

Ontem diagramei um livro inteiro (né Mô? ) e hoje tive uma reunião chata na gráfica que imprime nossos livros (mas como Deus é meu amigo, tive uma linda surpresa lá, hehehe). Acabei de chegar e resolvi dar uma "satisfação" pra vocês antes de começar o novo projeto.

Agora vou voltar pra correria. Um abração a todos... Fui!  

Roberto Carlos - Além do Horizonte

P.S.: Nos próximos dias terei uma novidade "capilar" pra vocês. Aguardem!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Pelo direito de errar

Right to Be Wrong - Joss Stone

I've got a right to be wrong
My mistakes will make me strong
I'm stepping out into the great unknown
I'm feeling wings though I've never flown
I've got a mind of my own
I'm flesh and blood to the bone
I'm not made of stone
Got a right to be wrong
So just leave me alone

I've got a right to be wrong
I've been held down too long
I've got to break free
So I can finally breath
I've got a right to be wrong
Got to sing my own song
I might be singing out of key
But it sure feels good to me
Got a right to be wrong
So just leave me alone

You're entitled to your opinion
But it's really my decision
I can't turn back I'm on a mission
If you care don't you dare blur my vision
Let me be all that I can be
Don't smother me with negativity
Whatever's out there waiting for me
I'm going to faced it willingly

I've got a right to be wrong
My mistakes will make me strong
I'm stepping out into the great unknown
I'm feeling wings though I've never flown
I've got a mind of my own
Flesh and blood to the bone
See, I'm not made of stone
I've got a right to be wrong
So just leave me alone

I've got a right to be wrong
I've been held down to long
I've got to break free
So I can finally breath
I've got a right to be wrong
Got to sing my own song
I might be singing out of key
But it sure feels good to me
I've got a right to be wrong
So just leave me alone



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

A casca é boa, mas falta recheio

A Bru uma vez me mandou esse texto e, como tudo o que eu faço na vida, não o publico hoje por acaso. A Ailin Aleixo escreveu um livro chamado Só os Idiotas São Felizes; eu concordo: acho que os idiotas, os ignorantes, os burros são muito mais felizes. O idiota que merece essas palavras pode até falar que tenho ciclos, que sou previsível, seja lá o que for... mas pelo menos não sou falsa.

PASTEL DE VENTO
Ailin Aleixo

Nunca me contentei com nada. De certa forma, a constante vontade de tudo era motivo de orgulho - me tornava especial, inquietante. Até o instante em que vi que algumas coisas simplesmente não valem a pena.

Não por serem pecaminosas nem por pertencerem ao terreno minado da moralidade. Nem sequer se relacionam com consciência ou motivação menos racional. Nem por serem tristes ou cômicas. Não é isso. Apenas, essas coisas são grandes e atraentes pastéis recheados de vento. 'Como vai você?' oferecido em esquinas barulhentas.

Não sei quantas vezes errei por achar que esperar era estupidez. Paciência confundida com covardia. Ação era o que importava - e eu sempre conseguia, no final, o prêmio pela empreitada. Mesmo não fazendo idéia de sua utilidade. E por isso joguei pessoas no lixo. Traí. Menti. E mesmo assim agradecia aos céus por ser tão espontânea, passional. Hoje, agradeço por ter aprendido que rogar atenção a quem não se importa não vale a pena. Ou pedir amor. Exigir amizade. Tomar porre de pinga ruim. Discutir com ignorantes.

Paciência é a maior virtude, agora sei. Ainda bem que a tive para perceber que seu lugar é mesmo do outro lado da rua, com outras pessoas, falando sobre assuntos que em nada me interessam (por mais que eu tenha me esforçado). O bom senso me devolveu a paz que quase perdi por recear aceitar que minha felicidade está na calma e não na sua cama.

Sua infância mal ultrapassada. Seu armário trancado demais. A falta de palavras. O excesso de ausência. Tudo minou até a minha incrível capacidade de persistir: não dá pra apostar o futuro numa mesa em que o maior prêmio é um orgasmo e um beijo na testa. Pra mim, você simplesmente não vale a pena.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

De volta à Inquisição

Por coisas como essa que eu deixei de ser católica faz tempo:

Vaticano vasculha gays em seminários dos EUA
por Laurie Goodstein, do NYT

Investigadores designados pelo Vaticano foram instruídos a vasculhar cada um dos 229 seminários católicos nos Estados Unidos, em busca de "evidências de homossexualidade" e de professores que discordem dos ensinamentos da Igreja, segundo um documento preparado para orientar o processo.

O documento do Vaticano, entregue ao The New York Times nesta quarta-feira (14/09) por um padre que pediu para não ser identificado por temer represálias, surge no momento em que os católicos aguardam uma manifestação do Vaticano que determinará se homossexuais devem ou não ser impedidos de exercer o sacerdócio.

Em uma possível indicação do conteúdo da determinação, o arcebispo norte-americano que está supervisionando a inspeção dos seminários disse na semana passada: "Qualquer um que estiver engajado em atividades homossexuais, ou que possuir fortes inclinações homossexuais, não deve ser admitido em um seminário".

Quem for assinante do UOL pode ler o artigo inteiro aqui.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Fiat Idea!

Corram lá no Yahoo! Hoje é mais legal ainda!!!

Acho que a Fiat deveria me dar um Idea! de presente pela publicidade....  (tudo bem que eu ainda não tirei a carta mas seria um bom estímulo)



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Como assim???

Que a "Sorte de hoje" do Orkut costuma ser maluca, eu já sabia mas dessa vez eu não achei graça nenhuma. Será que ele quis dizer que serei feliz com minha mãe? Tomara...



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Mais um Jorge

O uruguaio Jorge Drexler ganhou o Oscar de melhor canção por "Al otro lado del río", tema de Diários de Motocicleta. Não sei se vocês se lembram mas ele foi impedido de interpretar sua música na cerimônia de premiação – os organizadores da festa optaram pelo "cantor" Antonio Banderas.

Ontem achei a discografia completa dele na biblioteca do iTunes de uma pessoa de bom gosto aqui do meu trabalho e não tenho escutado outra coisa. Recomendo a quem gosta de um som mais acústico e de música latina (do Sul, que fique claro... o rapaz não toca salsa, por exemplo, mas até se arrisca no samba). Vou deixar como dica o tango "Se Va, Se Va, Se Fue" porque eu gostei da letra, que diz:

Algunas veces, mejor no preguntar,
por una vez que algo sale bien,
si todo empieza y todo tiene un final,
hay que pensar que la tristeza también



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Legal!

Visitem o Yahoo! Brasil e passem o mouse sobre o banner do Fiat Idea. Uma grande idéia!

Eu fiz uma captura da tela. Depois coloco aqui...

UPDATE: Elisa, você não é lerda, a Internet é que é rápida demais. Era assim:

Ao passar o mouse sobre o banner da Fiat, a tela se transformava nisso:

O mais legal é que ia mesmo para o site da China... Não era apenas uma imagem.

Eu gostei bastante da idéia porque tem tudo a ver com o conceito da campanha: quebra da rotina (pelo menos eu interpretei assim).



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Salve Jorge!

Meu dia tá uma m$%&#: já acordei estressada por causa de uns problemas aqui no trabalho (isso sem falar no meu coração burro que eu estou tentando ignorar pra não ficar pior). Ainda bem que Deus criou Seu Jorge pra me fazer feliz. "E Depois?" foi mais uma ótima dica da Denise. Fui atrás e descobri que essa música está no CD do BiD (do Funk Como Le Gusta): Bambas & Biritas - Vol. 1. Ouça aqui. Um trechinho da letra:

E Depois?

É dia de te ver, que sorte grande, sim senhor...
É mamão no mel, algodão doce azul
E é bom, acende uma alegria tipo curumim
Por causa do que vibra dentro de você
Você não tem idéia como sou feliz
Às cinco eu passo aí para um sorvete
Levo o disco do Bob que você me pediu
E aí... a gente vai passear
E aí... a gente vai namorar
E depois... e depois... e depois...



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Boa semana!

O tempo tá feio mas preciso ficar animada assim mesmo: tenho muito trabalho pra fazer... Já tomei minha vitamina e estou repetindo mentalmente o lema da semana, que vem de uma maravilhosa música do Rei que tocou na baladinha do fim-de-semana: "o bom é ser feliz e mais nada!"

Boa semana a todos!

Roberto Carlos - Se Você Pensa



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Nunca diga nunca?

A Lu passou essa brincadeira pra Fla, que passou pra mim. Tenho que escolher 3 celebridades com quem eu JAMAIS... bem, vocês sabem  Como ficaria muito fácil escolher uns nojentos tipo o Gilberto Barros, vou adaptar a brincadeira e vou escolher 3 bonitões que não me atraem:

• Thiago Lacerda. Porque ele parece um boneco de cera: tem aquele sorriso falso e é antipático;

• Davi Moraes. Porque ele é muito rodado: já pegou até a Preta Gil! ;

• David Beckham. Porque ele é metrossexual e eu tenho nojo dessa "espécie" de homem (?).

Esses foram os primeiros que me vieram em mente. Não sou boa pra fazer listas então, se me ocorrer alguma outra idéia, eu atualizo o post...

P.S.: A Fla colocou o Guga Kuerten – o aniversariante do dia – na lista dela... Ainda bem que tem gosto pra tudo: eu acho o Guga um feinho adorável!

UPDATE: Hoje eu vi o Erik Marmo na televisão e lembrei que ele é o top dessa minha listinha. Ô coisinha mais sem graça... Quanto ao Thiago, meninas, prefiro minha parte em dinheiro! kkkkk



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Eu vou!!!

Depois de quase três horas na fila, eis o troféu:

Quem estiver afim de ir deve se apressar: pelo ritmo que as coisas vão, os ingressos devem acabar amanhã.

E eu vou!!!!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

O próximo

Esqueci de contar pra vocês: estou lendo Estorvo.

 (a capa da edição que estou lendo é mais bonita que essa)

Impressionante a capacidade que o Chico tem de criar personagens masculinos perdedores – e irritantes... Acho que é porque ele sabe que nós somos superiores . E é por isso que todas nós amamos o Chico (Buarque... calma Fla ).



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Tudo tem seu lado bom

Hoje é segunda-feira...

 

... e amanhã é sexta!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Momento de histeria

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

Pronto, acho que passou! Vou almoçar, quem sabe eu veja o Gabriel por aí...

UPDATE: Não vi o Gabriel e não passou!  AAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

P.S.: PARABÉNS EDSON!!! MUITAS FELICIDADES PRA VOCÊ!  



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Paul is dead

Alguém fala pro Paul McCartney ficar quietinho pra eu continuar gostando dele?

Outro dia ele declarou que teve uma ajuda "mediúnica" do George pra compor uma música. Agora, isso...

Ele tá me enojando com essas jogadas de marketing pra promover o novo CD, que eu juro que não vou comprar.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Obrigada!

Eu gosto muito de fazer aniversário afinal, significa que eu vivi mais um ano e aprendi coisas novas. Ontem essa data foi ainda mais especial graças ao carinho dos meus amigos. Quero agradecer a cada um que se lembrou de mim. Adorei as homenagens da Elisa, da Fla, da Bru, da Cláudia e do Saraiva em seus blogs, todas as mensagens que me deixaram aqui e em outros lugares, os telefonemas, as presenças e os abraços. Não há presente maior do que ter amigos. Muito obrigada!

UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Humanos?

 Willie J. Allen Jr./St. Petersburg Times

Lendo as notícias de saques, estupros e outros tipos de violência em New Orleans, destruída pelo furacão Katrina, me veio em mente as cenas descritas por José Saramago em "Ensaio Sobre a Cegueira". No livro, a população inteira de um país é acometida por uma epidemia de cegueira, altamente contagiosa e inexplicável. Os primeiros doentes são colocados em quarentena e têm que criar regras próprias de conduta para conseguirem sobreviver. Só que aos poucos toda a população é contaminada e o resultado é só um: caos e barbárie.

Ao ler o livro você é levado a pensar o que seria do mundo caso isso realmente acontecesse. Não é preciso imaginar... Acho que só fingimos ser civilizados mas no fundo somos mesmo animais. Todos filhos de Caim, como diz o personagem desse livro que eu acabei de ler...

Essa "natureza humana" não se mostra só em situações extremas como essa. Aqui em São Paulo, por exemplo, basta o metrô quebrar ou se atrasar um pouco que você vê mulheres grávidas e idosos serem atropelados por "humanos" lutando pela sobreviência. Por essa e por outras, tenho preferido as plantas e os animais "irracionais" aos humanos. Sei que é uma visão pessimista (e eu não sou assim) mas não estou conseguindo pensar de outra forma.

Ainda sobre a situação dos norte-americanos depois da passagem do furacão, tenho outra opinião bem polêmica e radical, mas é como eu me sinto: eu não consigo sentir pena nem vendo a foto aí de cima. Porque eles vão reconstruir tudo bem rapidinho. Tenho pena mesmo dos mil iraquianos que morreram pisoteados no começo da semana, dos afegãos morrendo de fome e de tantos outros que não são vítimas da natureza e sim da mão "humana"...



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Sexta-feira estranha...

Hoje é sexta-feira, meu dia preferido da semana. Era pra eu estar feliz mas não estou. Dormi mal pra caramba: meu celular surtou durante a noite e começou a fazer barulhos estranhos depois desligou sozinho. Descobri que a bateria, que eu tinha recarregado anteontem, tinha acabado não sei porque. Coloquei o bichinho virtual pra recarregar novamente e fui tentar dormir (eram umas 4 da manhã). Estava chovendo muito forte e o sinal, que já não é bom lá no interiorrrrrr onde eu moro, pifou de vez e o celular não parava de apitar. Eu estava me sentindo naqueles desenhos do Pica-Pau quando ele se dá mal... Quando eu finalmente abstraí os apitos do celular e voltei a dormir, a louca da minha vizinha começou a berrar com o cachorro.  

Enfim, tô com sono, o dia tá feio pra caramba mas eu vou me animar afinal, hoje já começo a comemorar meu aniversário! (dizem que dá azar comemorar antes... eu não acredito: vou comemorar sexta, sábado e domingo, que é o dia certo) 

UPDATE: fui ler meu horóscopo, pra ver se ele me dava uma luz, e vejam só:

Se você não acordar bem, assoberbado por impressões, medos e desconfianças, entenda que é sua antena, captando a dinâmica coletiva. Ajuste-a! Astral melhora depois que a noite cair e você finalmente entender o que está acontecendo nesse seu coração tumultuado! Até lá, pense bem antes de se meter em situação prejudicial.

Acertou em cheio: coração tumultuado...  Pelo menos vou estar melhor hoje à noite... Vou ajustar minha antena e já volto!

OUTRO UPDATE: O Sol saiu! Agora, com o dia bonito, posso começar a me animar

  U2 - Dancing Barefoot



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

E você?

A Denise viu na Marilia, que viu aqui... Vou tentar continuar a brincadeira.

A Denise escreveu assim:

"Não sei bordar, não sei tricotar, não sei fazer crochê, não sei desenhar nem pintar. Mas sabia costurar um pouquinho. Danço muito, qualquer coisa, adoro dançar. Adoro música alta. Não sei tocar nada e canto muito mal, mas canto no banheiro. Adoro fotografar e ler e ver muita arte. Adoro cheiros. E cheiros. Sou leonina, passional e leal. Dragão no chinês, mais passionalidade. Gosto muito mais de pessoas do que de animais e plantas. Cabelos sempre longos e vivo de dieta. Não cozinho quase nada, apenas arroz com dal. Se pudesse comia muito, principalmente bolo de milho. Vivo rindo. Adoro dar e receber conselhos. Dinheiro, não tenho e nunca juntei. Amo demais. Mas só se valer a pena. Antigamente, se pisassem nos meus calos, virava uma fera, hoje em dia, seguro mais a onda. Não sou rancorosa. Perdôo fácil, mas demoro a esquecer. Mas não fico com pé atrás. Gosto de frio, de desertos, de montanhas e de cavernas. Amo a Asia. O melhor lugar do mundo é aqui e agora. Só devo dinheiro à minha mãe. Pago quando puder. Adoro presentes cuidadosamente escolhidos. O preço não importa. Gosto mais de dar, do que receber. Detesto grosseria. Sou sensível demais. Adoro mordidinhas... no pescoço. Mordo também..."

E eu...

"Não sei bordar, não sei fazer crochê mas acho que ainda sei fazer tricô (a minha tia me ensinou quando eu era criança), não sei desenhar mas sei pintar. Eu era uma boa aquarelista mas parei de praticar... Pretendo voltar. Não sei dançar mas danço assim mesmo. Não sei dirigir também (estou fazendo uma vaquinha pra comprar minha carta, alguém quer ajudar? ). Adoro música, é meu 'elixir'. Não sei tocar nada mas já quis ser guitarrista e baterista. Canto muito mal por isso me limito a 'dublar' as músicas quando estou com o fone de ouvido. Quem vê a cena pensa que eu sou louca mas eu sou mesmo então não ligo. Adoro todo tipo de arte, principalmente 'fazer arte'. Sou virginiana com ascendente em Escorpião, isso explica muita coisa. Surtada como todos os virginianos, desorganizada como poucos virginianos. Passional até demais. Ultimamente tenho gostado mais de plantas e animais do que de pessoas. Acho que na minha cidade têm pessoas demais. Eu queria viver num lugar mais tranquilo, no litoral. Cabelo crescendo por 'livre e espontânea pressão'. Adoro mudar o corte e a cor. Não sei cozinhar mas adoro comer. Gosto de cozinhar, ainda vou aprender. Sou 'complicada e perfeitinha', como diz a música (e sou modesta também, hahahaha). Não sei juntar dinheiro, vivo 'no vermelho'. Mas não devo nada pra ninguém. Amo demais e faço o que me dá na telha. Não me arrependo de nada do que eu tenha feito até hoje e, embora eu tenha uma grande capacidade de perdoar, ainda carrego algumas mágoas das quais pretendo me livrar o quanto antes. Gosto de frio, gosto de calor. Adoro viajar. Adoro boas surpresas. Não ligo para presentes caros. Embora digam que sou sofisticada, gosto mesmo é de simplicidade, das coisas sem frescura. Detesto tanta coisa que nem vale a pena começar a escrever mas acima de tudo, detesto mentira. 'Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher'. Mordo e sou venenosa"



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]


[ ver mensagens anteriores ]