Daniele Fátima
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Italian, Música, Esportes
MSN - juvegirlbr@hotmail.com



UOL

O que eu já disse
 01/04/2009 a 30/04/2009
 01/06/2008 a 30/06/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/04/2008 a 30/04/2008
 01/03/2008 a 31/03/2008
 01/02/2008 a 29/02/2008
 01/01/2008 a 31/01/2008
 01/12/2007 a 31/12/2007
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005
 01/03/2005 a 31/03/2005



Visite também
 Tapioca Design (meu portfolio)
 Meu Flickr
 Brasil&Italia
 Bruna
 Deisinha
 Denise
 Edson
 Elisa
 Homem é tudo palhaço
 Karenzita
 Léo Beck
 Lila
 Lita
 Manual do cafajeste
 Marcia Kawabe
 Mércia
 Não dois, não um
 Nina Ramos
 Pensar Enlouquece
 Roby
 Shoe-me
 Te dou um dado?
 Vanessa
 Vivis
 Winnie

Vai lá de coração!


Estou ouvindo


Onde me encontrar




www.flickr.com
Este é um módulo do Flickr que mostra as fotos públicas de Daniele Fátima. Faça o seu próprio módulo aqui.

Meus escolhidos  

 

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com
 
Gimme Some Truth
 

Separadas no nascimento

Essa foi uma dica divertida da Lita no fórum italiano Pastrugni Grafici: no site MyHeritage é possível comparar a própria foto com um banco de dados de 2.400 celebridades e descobrir com qual VIP você é parecido.

Coloquei a seguinte foto minha...

... e eis as minhas "clones":

Dispenso qualquer semelhança com a Mariah Carey e agradeço as menções a Julia Roberts e Sophia Loren. Essa Kajol, depois eu descobri, é uma atriz indiana. Gostei de ver a Audrey Tautou na lista; acho ela uma graça. Mas fiquei feliz mesmo quando coloquei uma outra foto minha e deu 70% de semelhança com a Natalie Portman. Quem me dera!


Acho que esse será o último post do ano então vou aproveitar para desejar Feliz Natal pra todos. Quero também agradecer a todas as pessoas que fizeram parte da minha vida neste ano. Estive pensando em tudo o que me aconteceu e cheguei à conclusão de que o balanço foi positivo. Como diria o Rei: "se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi!".

E quanto à passagem de ano eu tenho uma pequena reflexão: eu era daquelas que fazia um monte de planos para o ano seguinte, achava que a simples mudança de um dia para o outro mudaria tudo o que estivesse errado. A gente vai amadurecendo e percebe que as coisas não funcionam bem assim, que se ficarmos apenas contando com o calendário, a única coisa que muda é a data. Portanto só posso desejar a todos que a mudança não seja só na folhinha; que a passagem para 2006 renove nosso ânimo e a nossa esperança para buscar coisas melhores a cada dia do novo ano.

Meu presente para vocês (alguns já receberam por e-mail ):



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

O maior mico do ano

Quem avisa, amiga é: não vejam essa porcaria! Estou pensando em pedir o dinheiro do meu ingresso de volta, afinal, a entrada para o cinema tá custando uma fortuna.

Não, eu não estou mal-humorada. Muito pelo contrário: estou muito feliz (toc, toc, toc, deixa eu bater na madeira umas mil vezes). Normalmente eu gosto de filmes que se comprometem apenas com o entretenimento mas esse não deu pra engolir. Eu JAMAIS saio do cinema antes do filme acabar mas hoje não deu. King Kong tem mais de 3 horas, nenhum roteiro e, em algumas cenas, os (d)efeitos especiais são sofríveis (pra quem teve a infelicidade de ver, me refiro à perseguição dos dinossauros em que os recortes ficam evidentes porque a luz dos bichos digitais e dos personagens é completamente diferente. Écati!).

Esse filme será um sucesso, arrecadará toda a grana que foi gasta – ele é o filme mais caro da história!!! – e ainda dar um baita lucro pro já premiado Peter Jackson mas eu simplesmente odiei e não o recomendo nem para meu pior inimigo – coisa que, por sinal, eu não tenho .

Querem um conselho? Passem na locadora e peguem "As Invasões Bárbaras". Isso sim é cinema.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Só o Tricolor é Tri

SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE - TRICAMPEÃO MUNDIAL!!!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Férias

O Gimme Some Truth tá de férias.

Eu volto quando tiver algo a dizer.

Beijos!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Mandy!!!

No dia 10 de dezembro de 1985 nasceu a maior jóia da minha vida. Parabéns para essa menina maravilhosa que atura as minhas neuroses com a maior paciência (às vezes nem tanto mas eu confesso que encho o saco, kkkkkkkkkkk), tem 10 vezes mais juízo do que eu e por isso vive me dando bronca, tá sempre me colocando pra cima e ainda por cima é linda, inteligente, meiga e competente em tudo o que faz. Mandy, áiloviuuuuu chuchu!

Meu Deus, minha irmãzinha fez 20 anos!!! Tô ficando velha!!!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

25 years ago

Ainda bem que eu não existia no dia 8 de dezembro de 1980...

Como diria a minha amiga Deise, "a vida é cheia de gracinha, pena que ela tem humor negro". O cara tinha acabado de lançar um disco com essa música:

Just Like (Starting Over)

Our life together is so precious together
We have grown, we have grown
Although our love is still special
Let's take a chance and fly away somewhere alone
It's been too long since we took the time
No-one's to blame, I know time flies so quickly
But when I see you darling
It's like we both are falling in love again
It'll be just like starting over, starting over

Everyday we used to make it love
Why can't we be making love nice and easy
It's time to spread our wings and fly
Don't let another day go by my love
It'll be just like starting over, starting over

Why don't we take off alone
Take a trip somewhere far, far away
We'll be together all alone again
Like we used to in the early days
Well, well, well darling

It's been too long since we took the time
No-one's to blame, I know time flies so quickly
But when I see you darling
It's like we both are falling in love again
It'll be just like starting over, starting over

Our life together is so precious together
We have grown, we have grown
Although our love is still special
Let's take a chance and fly away somewhere

Starting over



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

A seus pés

O título original é In Her Shoes. Aqui ficou Em Seu Lugar. Tudo bem que "Em seus sapatos" soaria estranho mas o título brasileiro me passou a idéia de que fosse uma fábula sobre troca de personalidades. E não é.

O filme fala sobre a relação conturbada entre duas irmãs problemáticas que tinham apenas uma coisa em comum: o número de sapato. A mais velha, Rose (Toni Collette), é uma advogada solteirona. Cameron Diaz interpreta (muito bem, por sinal) a pirada Maggie, uma jovem que pula de emprego em emprego e parece ter como único trunfo a beleza.

Os críticos estão dizendo que Em Seu Lugar é "filme de mulherzinha". Eu daria outra classificação: pra mim é um filme sobre devoção, sobre o amor incondicional que (normalmente) existe entre irmãos. Por isso, eu traduziria "in her shoes" para "a seus pés".

Por fim, deixo pra vocês – e dedico aos meus irmãos – o lindo poema "I carry your heart in me", de e.e.cummings, que é declamado durante o filme:

carrego seu coração comigo (eu o carrego no
meu coração) nunca estou sem ele (onde quer
que eu vá você vai, minha querida; e o que quer que seja feito
somente por mim é feito por você, minha querida)
não tenho medo

do destino (pois você é meu destino, minha doçura) não quero
o mundo (pois você, linda, é meu mundo, minha verdade)
e você é o que qualquer lua tenha sempre significado
e o que quer que um sol cantar será sempre você

aqui está o mais profundo segredo que ninguém sabe
(aqui está a raiz da raiz e o broto do broto
e o céu do céu de uma árvore chamada vida;
que cresce mais alta do que a alma
pode ter esperança ou a mente pode esconder)
e essa é a maravilha que mantém as estrelas separadas

carrego seu coração (eu o carrego no meu coração)



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

¡Volví!

 

Eu no bairro da Boca, onde fica a lendária "Bombonera", estádio do Boca Juniors.

Buenos Aires es muy hermosa... (e aqui acaba meu conhecimento de espanhol... )

Pena que passou tão rápido. Eu ia fazer um diário de viagem mas acabei esquecendo meu blog móvel aqui em São Paulo então vou fazer um resumo básico:

- Os argentinos são muy guapos;

Acreditem: dá pra ver uns assim passando na rua!

- O custo de vida é muito baixo: o bilhete de metrô custa $0,70 (o equivalente a R$ 0,55); fomos de táxi pra cima e pra baixo e a tarifa quase nunca passava dos $5; a diária do albergue, bem localizado, limpo e bonito, apenas $ 25; uma garrafa de um bom vinho nacional, $29;

- Eles falam muuuuuuuuuito rápido. Eu entrei em pânico no primeiro dia porque eu não sei quase nada de espanhol. Mas no fim das contas dá pra se entender e até arriscar algumas palavrinhas;

A foto mais engraçada: a maior camisinha do mundo foi colocada no Obelisco no dia 1º de Dezembro, Dia Mundial de Combate à AIDS.

- Todo mundo me perguntou se os argentinos são simpáticos. Como sempre, existe muita lenda quando se fala dessa briguinha Brasil-Argentina (assim como a briguinha idiota São Paulo-Rio ou qualquer outro bairrismo). Eles não são os mais simpáticos do mundo mas nada muito diferente dos paulistanos: os portenhos são acelerados e falam apenas o necessário. Assim como eu acho ridículo que um paulistano não visite o Rio por achar que será maltratado, acho uma bobagem que um brasileiro tema conhecer a Argentina;

- Eles endeusam o Maradona muito mais do que eu imaginava e gostam de futebol muito mais do que eu imaginava. Dieguito é colocado no mesmo patamar de Evita Perón e Carlos Gardel. Aquele país vai parar se "D10S" morrer (porque eles acham mesmo que Maradona é eterno). Mas, hermanos, não se iludam: Pelé é melhor! E só o Brassssssssil é PENTACAMPEÓN 

Símbolos do país: Gardel, Evita e ele, Maradona.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]


[ ver mensagens anteriores ]