Daniele Fátima
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Italian, Música, Esportes
MSN - juvegirlbr@hotmail.com



UOL

O que eu já disse
 01/04/2009 a 30/04/2009
 01/06/2008 a 30/06/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/04/2008 a 30/04/2008
 01/03/2008 a 31/03/2008
 01/02/2008 a 29/02/2008
 01/01/2008 a 31/01/2008
 01/12/2007 a 31/12/2007
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005
 01/03/2005 a 31/03/2005



Visite também
 Tapioca Design (meu portfolio)
 Meu Flickr
 Brasil&Italia
 Bruna
 Deisinha
 Denise
 Edson
 Elisa
 Homem é tudo palhaço
 Karenzita
 Léo Beck
 Lila
 Lita
 Manual do cafajeste
 Marcia Kawabe
 Mércia
 Não dois, não um
 Nina Ramos
 Pensar Enlouquece
 Roby
 Shoe-me
 Te dou um dado?
 Vanessa
 Vivis
 Winnie

Vai lá de coração!


Estou ouvindo


Onde me encontrar




www.flickr.com
Este é um módulo do Flickr que mostra as fotos públicas de Daniele Fátima. Faça o seu próprio módulo aqui.

Meus escolhidos  

 

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com
 
Gimme Some Truth
 

Bad server! No donut for you.

Alguém aí usa Speedy e tem como provedor o UOL? Porque desde hoje de manhã eu não consigo acessar vários sites, especialmente os sites do Google, como Orkut e Gmail.

Fizemos um teste: conectamos dial-up com o iG e bingo! entramos em todos esses sites. Então, liguei para o UOL e fiquei quase meia hora esperando atendimento, até desligarem o telefone na minha cara. Acessei o atendimento online e o rapaz me disse que outros clientes estavam tendo o mesmo problema. Detalhe: eles não sabem explicar o porquê.

Será que o UOL ficou com raiva do domínio do Google e resolveu bloqueá-lo?  Não estou achando graça nenhuma (e olha que eu defendo o UOL com unhas e dentes porque nunca tive problema...).

Alguém mais teve esse problema? Alguém tem uma explicação? Socorro! Preciso ver meu e-mail.


Mudando de assunto: moças, assistam Superman – O Retorno:

 



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Eu quero me perder nessa ilha!

Se Lost já era minha série preferida, a partir da próxima temporada ela será indispensável. Não sabe ainda? O homem mais bonito do mundo vai se perder por .

 

Não sabe quem é o homem mais bonito do mundo? Ai ai ai, vou ter que ajudar:

E antes que perguntem porque ele não é o "belo" dos meus escolhidos aí na barrinha da esquerda, eu explico: Rodrigo Santoro é hors concours.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Oxigênio? O quê é isso?

Alguém aí sabe fazer a dança da chuva? Porque o ar em São Paulo está irrespirável.

Por enquanto, eu quero só a chuva pra limpar essa poluição horrorosa mas, se São Pedro puder devolver nosso inverno também, fico feliz.

Update: Lá no e-mail tem a música Hagua, do Seu Jorge, que tem tudo a ver com esse tempo louco.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Isso também é genocídio

Zaineb Tarmess, refugiada da cidade libanesa de Talousa, chora em escola transformada em abrigo provisório. No quadro-negro, a inscrição, em árabe, "nós odiamos a guerra". Fonte: UOL

Essa senhora da foto é uma representante do povo libanês. Não sei o que vocês acham mas ela não me parece uma terrorista. Se Hezbollah e povo libanês são coisas diferentes, qual o motivo desses ataques? Deve ser um motivo parecido com o que levou o Iraque a estar dominado até hoje pelos norte-americanos: porque eles eram uma ameaça para o mundo com suas terríveis armas de destuição em massa. Ha ha ha, faz-me rir!

Se o objetivo atual é destruir o Hezbollah, por quê até agora cerca de 384 civis libaneses morreram? E por quê outros 600 mil tiveram que deixar suas casas? Seriam todos colaboradores do grupo terrorista?

Aguardo uma resposta decente.

Leitura recomendada: Israel, um Estado terrorista, escrito pelo ganhador do prêmio Nobel da Paz de 1980, o argentino Adolfo Perez Esquivel, e traduzido pelo Renato, do Tordesilhas.

Breve (nem tanto) historinha da minha família, pra quem não sabe: meu bisavô era libanês mas pouco sei sobre ele. Ele veio com um grupo de outros libaneses para o sul de Minas e lá minha vó materna foi gerada. Só que o "turco" deu no pé (imaginem o escândalo que foi isso em 1920, minha bisa mãe solteira) e só sabemos o primeiro nome dele, Adib. Passei a minha vida inteira ouvindo que éramos descendentes de um turco até que a ficha caiu de tanto que eu quis fuçar nisso:

1 - Adib, que eu saiba, não é um nome turco;

2 - Os libaneses que vinham para o Brasil (e não só) nessa época, tinham passaporte turco por causa do Império Turco-Otomano, aí, todo libanês acabou virando "turco" (lembram da novela Renascer, na qual o "turco" Rachid dizia a frase "nós non é turco, nós é libanês"?);

3 - Convesei com minha avó e ela disse que seu padrinho, que era amigo do meu bisavô, era libanês e odiava ser chamado de turco. A minha vó, tadinha, fala até hoje que seu pai era turco, mas ela sabe que era libanês, é que pra ela é tudo a mesma coisa, afinal, ela aprendeu assim.

4 - Pesquisando sobre essa família do padrinho de minha vó, descobri que eles eram católicos do sul do Líbano, região que está sendo destruída agora, ou seja, como eles vieram juntos pro Brasil, há uma grande possibilidade de a minha família ser de lá também...

E por quê todo esse meu interesse, já que é uma origem tão distante e se meu bisavô "não quis" minha vó? Porque essa gotinha de sangue libanês não só estampou a minha origem no rosto, como também deixou em mim uma misteriosa conexão com esse povo: eu adoro a comida, a língua, a música, a caligrafia e a arte árabe como se tudo aquilo sempre tivesse feito parte de mim. E por tudo isso, não tenho como não estar triste com essa guerra estúpida.

Salam!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Macacos!

Sensacional!

 

Valeu, Rafs!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Dicas musicais

Quando eu não tenho assunto, do que eu falo? De música, é claro. Então, vamos a duas dicas:

A primeira dica, que eu descobri lá na Vanessa, é o Bajofondo Tangoclub, grupo de artistas uruguaios e argentinos que fazem um tango com pitadas de música eletrônica. Além da música ser boa, como designer não tenho como não reparar na beleza da capa do primeiro CD deles, perfeita em sua simplicidade:

A segunda dica, que não tem absolutamente nada a ver com a primeira, não é novidade nenhuma, porque esse CD já foi lançado há mais de um ano e essa banda foi a última sensação do rock inglês: Bloc Party. O único CD dos caras, chamado Silent Alarm, tem pelo menos umas 4 músicas muito boas, com cara de anos 80. As primeiras músicas do CD são perfeitas pra se ouvir de manhã, indo pro trabalho (pelo menos eu faço isso, pra tentar me animar).

Lá no blog.gimme@gmail.com (senha musicas), tem "En Mí - Soledad", do Bajofondo, e "Like Eating Glass", do Bloc Party.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Já vai?

O ator paulistano Raul Cortez, que faleceu ontem.

Já vai tarde...

O técnico Carlos Alberto Parreira, que se desligou da seleção brasileira hoje.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Esta cova em que estás
Com palmos medida
É a conta menor que tiraste em vida
É de bom tamanho
Nem largo nem fundo
É a parte que te cabe
Deste latifúndio
Não é cova grande
É cova medida
É a terra que querias
Ver dividida
É uma cova grande
Para teu pouco defunto
Mas estarás mais ancho

Que estava no mundo
É a conta menor que tiraste em vida
É a parte que te cabe
Deste latifúndio
É a terra que querias ver dividida
Estarás mais ancho que estava no mundo
Mas a terra dada
Não se abre a boca
É uma cova grande
Pra teu defunto parco
Porém mais que no mundo
Te sentirás largo
É uma cova grande pra tua carne pouca
Mas terra dada não se abre a boca.

Funeral de um lavrador, de João Cabral de Mello Neto, musicada por Chico Buarque (ouça na Rádio UOL)

Na foto, o brasileiro Jean Charles de Menezes, cujos assassinos foram inocentados hoje.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

"Mas o homem, porque não tem senão uma vida, não tem nenhuma possibilidade de verificar a hipótese através de experimentos, de maneira que não saberá nunca se errou ou acertou ao obedecer a um sentimento."

Milan Kundera, em A Insustentável Leveza do Ser.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

4 de setembro

Que saco, hein?!



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

E falando em terrorismo...

... hoje assisti ao filme Paradise Now, que mostra o dilema de dois amigos palestinos prestes a cometer um atentado suicida em Tel Aviv. No momento, não estou com paciência para fazer um post profundo sobre o tema (mesmo porque, não dá pra sair escrevendo qualquer bobagem sobre esse assunto) então me limito a dizer: eu recomendo.

UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

E o caos recomeça...

Update: nem eu acredito no que vou escrever mas... eu quero trabalhar!!! E pelo jeito amanhã vai estar do mesmo jeito: neste momento, um ônibus está sendo incendiado a um quarteirão da minha casa. E nossos governantes seguem dizendo que está tudo sob controle...



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Mortos...

Inspirado no post de hoje da Elisa.

Vê se me esquece, de Alice Ruiz.

Já que você não aparece,
venho por meio desta
devolver teu faroeste,
o teu papel de seda,
a tua meia bege,
tome também teu book,
leve teu ultraleve,
carteira de saúde,
tua receita de quibe,
de quiabo, de quibebe,
do diabo que te carregue,
te carregue, te carregue.
Teu truque sujo, teu hálito,
teu flerte, tua prancha de surf,
tua idéia sem verve,
que nada disso me serve.
Já que você não merece,
devolva minhas preces,
meu canto, meu amor,
meu tempo, por favor,
e minha alegria que,
naquele dia,
só te emprestei por uns dias
e é tudo que me pertence.

PS: Já que você foi embora por que não desaparece?



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Zizou e a causa argelina

Muitos blogs discutiram hoje o episódio da cabeçada de Zidane na final da Copa do Mundo (recomendo a leitura dos posts da Denise e da Vanessa sobre o assunto). A suspeita de que Materazzi teria chamado Zizou de "terrorista sujo", o que, segundo empresários do francês, não é verdade, trouxe à tona mais uma vez a questão do preconceito racial. Eu não quero soar repetitiva porque já deixei a minha opinião pelos blogs afora mas sou solidária ao Zidane. O que ele fez foi uma burrice? Foi, sem dúvida alguma. Mas quantas pessoas, depois de ter passado a vida inteira ouvindo piadinhas racistas, teriam inteligência emocional o suficiente pra não reagir violentamente? Eu acho que eu reagiria e, por isso, me solidarizo. Agora, em vez de continuar discutindo esse assunto, prefiro aguardar a versão do Zidane e, se houve alguma declaração racista da parte de Materazzi – o que eu não duvido –, ele tem que ser punido também. Se agressão é crime, racismo também é.

Pra saber mais sobre a Argélia, país de origem da família Zidane, clique aqui. E pra perceber um pouquinho a dimensão que tem o preconceito contra argelinos na França, recomendo o filme Caché, que eu comentei neste post.

No e-mail blog.gimme@gmail.com (senha musicas), tem a maravilhosa música Denia, do Manu Chao, que é franco-espanhol porque nasceu na França e seu pai é espanhol mas que é um cidadão do mundo pois acredita, como eu, que as fronteiras não servem pra delimitar territórios e sim pra separar pessoas e criar conflitos. Eu não sei o que significa a letra, em árabe, mas descobri no Oráculo que Denia é uma cidade espanhola que teve influência árabe. Se alguém falar a língua dos meus "primos" e quiser traduzir a música pra mim (e também me explicar porque ele fala "Denia, Algeria" na música), eu agradeço.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

França ou Itália? Nenhum dos dois!

Nasci em 1981 e já "presenciei", com essa, sete Copas do Mundo. A primeira da qual eu me lembro de alguma coisa foi a de 90 e essa "alguma coisa" foi a derrota do Brasil pra Argentina. Nas Copas seguintes, o Brasil sempre esteve na final e talvez por isso eu esteja mal acostumada. Essa é a única explicação que eu encontro pra ter achado a edição de 2006 um saco.

Já que o Brasil não chegou, pra quem torcer, França ou Itália? Que me desculpem os amigos italianos (e brasileiros simpatizantes) mas eu simplesmente não consigo torcer pra Azzurra. Pra ser bem sincera, não gosto deles e ponto final (não me peçam pra explicar o porquê senão terei que ser exageradamente sincera); a única graça que vejo naquele time são os jogadores bonitos. Do outro lado do campo, a França, outro time pelo qual eu não tenho a menor simpatia. Sendo assim, pra mim tanto faz se a Itália vai ser tetra ou a França bi. Se pelo menos Portugal tivesse chegado à final, eu certamente torceria por eles mas hoje eu só vou torcer por uma coisa: pra que fique tudo empatado e que o jogo seja decidido nos pênaltis.  


Update: Oba, pelo menos a minha torcida pelos pênaltis deu certo! Enfim, como eu já havia dito, pra mim tanto fazia quem fosse campeão. De qualquer forma, parabéns à Itália. Quero deixar registrado que achei lamentável a atitude do Zidane: péssima maneira de encerrar a carreira, hein Zizou? É uma pena, porque eu simpatizava com ele.

Update do update: O Fantástico acabou de mostrar no quadro da leitura labial o que o cretino-imbecíl-idiota do Materazzi disse pra provocar uma reação tão impulsiva do Zidane. Ok, nada justifica a agressão física mas o nojento do zagueiro italiano está igualmente errado. Pra quem não viu, ele chamou, por três vezes, a irmã do francês de prostituta e depois mandou ele tomar naquele lugar. Detalhe: tudo isso por nada, por um lance normal de jogo. Veja o vídeo do Fantástico aqui.

Ah, e a única coisa que me deixa feliz é essa imagem, porque todo mundo sabe que desde 1998 eu adoro o Del Piero:



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Adeus...

... avenida Paulista, a partir de amanhã vou Lapaputaquepariu.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

– Olá! Como vai?
– Eu vou indo. E você, tudo bem?
– Tudo bem! Eu vou indo, correndo pegar meu lugar no futuro... E
você?
– Tudo bem! Eu vou indo, em busca de um sono tranqüilo...
Quem sabe?
– Quanto tempo!
– Pois é, quanto tempo!
– Me perdoe a pressa - é a alma dos nossos negócios!
– Qual, não tem de quê! Eu também só ando a cem!
– Quando é que você telefona? Precisamos nos ver por aí!
– Pra semana, prometo, talvez nos vejamos...Quem sabe?
– Quanto tempo!
– Pois é...quanto tempo!
– Tanta coisa que eu tinha a dizer, mas eu sumi na poeira das
ruas...
– Eu também tenho algo a dizer, mas me foge à lembrança!
– Por favor, telefone! Eu preciso beber alguma coisa,
rapidamente...
– Pra semana...
– O sinal...
– Eu procuro você...
– Vai abrir, vai abrir...
– Eu prometo, não esqueço, não esqueço...
– Por favor, não esqueça, não esqueça...
– Adeus!
– Adeus!
– Adeus!

Ouça aqui Elis cantando "Sinal Fechado", de Paulinho da Viola.



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Não gostei...

Tá, ok, me chicoteiem. Talvez seja algum sacrilégio dizer que não gostou de um livro do García Marquez, ainda mais de um best-seller como Memórias de minhas putas tristes, mas eu não gostei.

O livro é bem fininho (apenas 127 páginas), mas mesmo assim a história de um homem que encontra o amor aos 90 anos não prendeu a minha atenção. No final, achei que é um livro "de menino". Ficou em mim a impressão de que uma mulher não entende aquelas sensações tão masculinas...

Algum de vocês já leu? O que vocês acharam?



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Mudei de idéia

Eu tinha feito um post sobre o comportamento estranho de um visitante meu. Um comportamento obsessivo, pra ser mais precisa. Mas me lembrei que no ano passado eu me arrependi de muita coisa que escrevi aqui e, por isso, decidi ser mais enigmática.

Sendo assim, só estou avisando: pare!

Engraçado, já faz uns 10 anos que acesso a Internet. Hoje em dia tenho um blog, perfil no Orkut, MSN, participo de fóruns de discussão e, mesmo assim, ainda não estou acostumada com o Big Brother que é a nossa vida online. Como vocês convivem com isso? Sei que é estanho mas eu me incomodo quando alguém me "vigia" ostensivamente...



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]

Eu já sabia!

Eu disse: quem ri por último, ri melhor. Quem achou graça na derrota da Argentina ontem, hoje está chorando. E a nossa derrota, ao contrário da deles, foi vergonhosa: um time que não jogou nada e tomou um gol no tempo regulamentar, e da França, um time fraco que cresceu quando percebeu que não estávamos jogando futebol e sim buscando vingança. E todo mundo sabe que esse negócio de vingança nunca termina bem. Bem feito!

Não estou nem um pouco triste com a eliminação do Brasil. Quem convive comigo sabe o quanto eu não acreditava no hexa. Estou mesmo é aliviada de não ter mais que ver esse monte de estrela de comercial da Nike e nenhuma união, nenhuma garra. Aliviada porque acabou o motivo da alienação das pessoas: vamos ter que acordar e perceber que nosso país tá uma merda e que, em vez de ficarmos nos preocupando com futebol, temos que tentar fazer uma escolha decente em outubro.

Por outro lado, estou muito feliz pelo Felipão. Isso sim é ter atitude de vencedor! Mesmo que Portugal perca pra França, o que eu acho que não vai acontecer, Big Phil já merece uma estátua em Lisboa.


Pelo menos nós estamos bem de carrasco... Esse Zidane não é lindo?



UOL [ ] [ envie esta mensagem ]
Haloscan [ ]  [ ]


[ ver mensagens anteriores ]